sábado, 1 de junho de 2013

EM DEFESA DOS BICHOS

Abandono e Adoção

As estimativas da quantidade de animais abandonados nas ruas são pouco precisas e não oficiais. Milhões de animais vivendo nas ruas, praças e parques, muitos desses bichos ainda são filhotes. É Incrível que possa parecer, mais boa parcela desses animais são de raça.
 Motivos do abandono - São alegados por aqueles que abandonam um animal os mais diversos e banais, mostrando que o abandono é resultado de uma compra ou adoção despreparada, movida por impulso. Muitas pessoas acham que bicho é um objeto descartável, ignoram sua vida e seus sentimentos.

Os motivos mais citados em relação ao animal são: Suja a casa, solta pelo, cresceu demais, ficou velho, doente ou prenhe, muito ativo ou requer muita atenção, late ou mia muito, urinou ou defecou fora do lugar, quebro ou danificou algum objeto, não se adapta com outros bichos, é fujão, não é amistoso, é agressivo com pessoas, é desobediente, etc... 

Tanto o cão quanto o gato, sofrem igualmente quando estão abandonados. Ambos são vítimas de atropelamentos, espancamentos e mutilações. Passam fome, sede e frio além de serem assassinados nas ruas.

O abandono de animais, além de ser um ato criminoso e cruel, também trás diversas consequências para a população, tais como: Proliferação desenfreada de animais de rua, comprovada elevação de acidentes de trânsito, aumento de gastos públicos na tentativa de controle populacional, proliferação de zoonoses, etc...

Mudar esse quadro depende da ação de cada um de nós. Como cidadãos, que respeitam a vida, temos o dever de zelar e cuidar desses animais. O abandono pode ser evitado com a conscientização da população e pela vigilância das forças policiais. A esterilização de animais domésticos, associada à adoção, é fundamental para controlar a natalidade e banir o extermínio nas carrocinhas. Campanhas educativas podem evitar os maus-tratos, evitando machucar e matar animais.


Programa de adoção - O programa de adoção tem obtido muito sucesso e acredito ser uma solução imediata para interromper a matança de animais sadios e inocentes. 

Existem diversos sites de adoção de animais que podem ser encontrados na internet, a exemplo, www.facebook.com/APAAB (Associação de Proteção Animal Amigo Bicho) e  o site www.queroumbicho.com.br, desenvolvido  e administrado pela PEA(www.pea.org.br). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário