sexta-feira, 30 de agosto de 2013

RAÇA EM DEBATE - PIT BULL – Verdades e Mitos

ATÉ HOJE. CADASTRE-SE AGORA NO FORMULÁRIO! 
O American Pit Bull foi originário do antigo Pit Bull Inglês, por volta do século XVIII, onde eram  resultados de cruzamentos entre o Old English Terrier (Velho Terrier Inglês Branco) e o Old English BullDog  (Velho Bulldog Inglês), descendentes dos Antigos Molossos Orientais.
O Velho Terrier Inglês Branco surgiu por volta de 1870. Sua sobrevivência como raça, serviu como base para outras variações caninas, como English Bullterrier , American Pit Bull Terrier, Boston Terrier e alguns outros.

Era comum em Londres a Bull-Baiting, luta de cães com touros. Esse esporte sangrento tão admirado pela nobreza inglesa, logo conquistaria todas as classes sociais, inclusive os pobres que aproveitavam o alto custo de manutenção desses animais como meio de sobrevivência. O Old English Bulldog foi à base principal dos grandes criadores de cães lutadores da época.

Nessa época, supunha-se, o maior ou único interesse desses criadores era a função, não a estética. Diante dessa informação, podemos entender que não seria difícil ter acontecido cruzamentos entre outras raças, sem ser essas já citadas, para chegarmos ao American Pit Bull Terrier. A genética desses animais proporcionou o surgimento de outras tantas raças, como: Staffordshire Terrier, Bull Terrier, American Staffordshire Terrier, entre outros.

No século XXI a introdução de outras raças continua, mas, os criadores tentaram restituir as principais características dos antepassados de seus animais. Atualmente, são várias as discursões sobre as variações das raças American Pit Bull Terrier e o American Staffordshire Terrier  para se reconhecer quem é quem. Os proprietários desses cães nem sempre sabem a diferença. Para os criadores mais exigentes e ou experientes, as diferenças são claras.

Em todo mundo, os criadores de Pit Bull estão tentando padronizar a raça. Não tem sido uma tarefa fácil, porque dentro da raça existem muitas diferenças. Podemos citar algumas delas como o Pit Bull, utilizado para combate, game dog, exposições e outras variações de competição ou atividades.


VEJAMOS A OPINIÃO DE ALGUNS PROFISSIONAIS SOBRE A RAÇA:





“Vantagens: Um animal extremamente fiel e leal a seu dono, um atleta canino capaz de feitos impressionantes, apesar da raça não ser originalmente direcionada para guarda. Esta é uma nova vertente entre criadores apesar das polêmicas geradas. Dentre as poucas desvantagens, está o cuidado no convívio com outros animais, que se bem manejado, evita o estimulo de luta inerente à raça, que na sua formação, foi de lutas entre cães.” José Otávio Silveira (Criador)

“Vantagens: Animais dóceis, ágeis, espertos na aprendizagem, bons para crianças, fortes e excelentes cães de guarda. As desvantagens estão ligadas ao aprendizado de postura agressiva. A raça tem certa intolerância com outros cães e disputam a afinidade com o dono. O comportamento de um cão está na educação que ele recebe de seu respectivo dono.” Dr. Domingos Fernandes Lugo Neto (Veterinário)

“Vantagens: É um cão que se apega muito ao dono: é um atleta, ideal para quem gosta de atividades físicas ao ar livre. Muito disposto e topa e topa qualquer parada; é um cão muito inteligente, aprendendo facilmente tudo que lhes ensinam; é um cão rústico e resistente, não adoece facilmente. Desvantagens: Pode não se acostumar com outros cães; é um cão que sofre muito preconceito, por parte de quem não conhece bem a raça; se não for bem cuidado e educado pode, realmente, trazer problemas; é preciso ter cuidado ao adquirir um pitbull, buscando sempre criadores idôneos, que evitam o cruzamento com cães violentos ou que tenham desvio de temperamento.” 
Breno Mattos Jr. (Handler e Adestrador)

“ Apesar de bastante criticado pela mídia, o pit bull apresenta um temperamento que varia de acordo com o tipo de criação determinada pelo interesse do proprietário, podendo ser de alta agressividade ou, como na maioria das vezes, bastante dócil e pode ser criado ao lado de crianças e idosos. O que precisa ser feito é um trabalho de conscientização junto a população para que o mito que o pit bull é um cão assassino, seja mudado. O que deve ser mostrado é que o pit bull é um cão cão que se adapta bem aos diferentes estilos de “criadores”, e estes sim, são os responsáveis por toda esta fama que este cão adquiriu ao longo dos tempos. Mitos como o de que o pit bull foi criado em laboratório, e para matar gente, etc. devem ser quebrados afinal, quem cria este cão com responsabilidade sabe que tudo isso é uma grande mentira, e que o pit bull só tem esta fama devido a alguns “criadores” irresponsáveis que os criam para tornarem um cão feroz”. Dr. Júlio Adolfo (Veterinário)

“ A criação do pit bull é muito ampla, existem diversas finalidades de criação. Muitos criam seus animais para combate entre cães, mesmo sendo totalmente deprimente essa prática, ainda assim, existem muitos adeptos diante da impunidade da nossa legislação. Outros já criam esses animais de temperamento mais aguçado para práticas de esportes radicais, onde tem sido de grande valia essa prática, pois tem resgatado esses animais da marginalidade. Por fim, tem os criadores de exposição, esses tem buscado trazer mais beleza e correção para os Pit Bull’s ”. 
Marcello Viktor (criador)


“ Vantagens: O fato de serem animais dóceis, brincalhões, terem muita energia, para isso precisam de espaço para fazer exercícios e não ficarem estressados. São animais ágeis, que têm muita força, pois a finalidade da raça era a caça de urso. Hoje se são utilizados para game dog. O ponto negativo, ou seja, desvantagens de se criar a raça, é que são animais de difícil convívio em grupo, geralmente gerando brigas, tendo de se analisar o temperamento do animal no momento da aquisição, como também devendo socializar o animal desde pequeno, não devendo instigar o temperamento agressivo.” Dr. Everaldo da Silva Zacarias (Veterinário)


* Matéria publicada originalmente na edição número 01 da Revista Bichos.Com 
SHIH TZU
em março de 2007.
Fotos e Imagens que ilustram são de arquivo da revista e da internet.  

Participe do próximo debate!

Com o objetivo de desenvolver o melhoramento das raças caninas, apresentamos a série RAÇA EM DEBATE. Com o intuito também de avaliar a situação atual das raças mais populares, a série será debatida por criadores, veterinários, adestradores,dirigentes e juízes cinófilos, além dos admiradores da raça.


PREENCHA O FORMULÁRIO DE CONTATO DIZENDO "QUERO PARTICIPAR DA PRÓXIMA RAÇA EM DEBATE". 

EM SETEMBRO A RAÇA MAIS POPULAR E A MAIS REGISTRADA DO BRASIL ESTARÁ EM DEBATE AQUI NA REVISTA BICHOS.COM









Nenhum comentário:

Postar um comentário