quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

INICIANDO A CRIAÇÃO DE CANÁRIOS

Como o objetivo da Canaricultura é a qualidade e não a quantidade, o criador inexperiente não deve começar sua criação com um número muito grande de casais. Se for ter um ou dois casais, por passatempo, qualquer casal serve, desde que seja saudável. Entretanto, se o objetivo for criar canários pensando em desenvolvimento técnico e em concursos, deve-se começar com casais de raça ou cor de acordo com a preferência, mas de qualidade reconhecida.

O criador deverá iniciar filiando-se a um clube ornitológico que lhe possibilite a compra de anilhas para registros oficiais, além de assistência técnica e convívio com outros criadores para troca de experiência.

Gaiola

As gaiolas indicadas são de arame galvanizado com grade divisória removível e suportes externos para bebedouros e comedouros. 

Acasalamento

os machos e as fêmeas deverão ser colocados nas gaiolas de cria separados pela grade divisória, para um período de adaptação, fornecendo-se às fêmeas o ninho e fios de estopa.
Postura 

A postura do primeiro ovo sucede de  6 a 8 dias após a primeira cópula e as posturas mais frequentes são as de 3 a 4 ovos.

Incubação

Normalmente a incubação é de 13 dias e nesse período é conveniente que o ambiente seja tranquilo e que as manipulações na gaiola sejam rápidas, evitando -se perturbar a canária.

Nascimento

Na maioria dos casos o nascimento ocorre exatamente no 13º dia de incubação. Entretanto, se o nascimento não ocorrer dentro do previsto, deve-se ter paciência e aguadar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário