domingo, 5 de abril de 2015

5 ESTÁGIOS DO ADESTRAMENTO EM FILHOTES DE CÃES


O processo de adestramento tem início com o nascimento do cão e torna-se gradual em toda a sua vida. É um processo dinâmico, ativo, que exige esforço e interesse contínuo.
São cinco estágios pelos quais passam os filhotes, segundo Dr. J. Paul Scott, do Roscoe B. Jackson Memorial Laboratory.

Primeiro - De zero a vinte e um dias - Quando o filhote ainda mama e dorme, e não se registra nenhuma capacidade mental;
Segundo - De vinte e um dias a vinte e oito - O filhote ainda depende exclusivamente da mãe, mas já começa a tomar contato com o mundo que o cerca;
Terceiro - De vinte e nove a quarenta e nove dias - O filhote aprende a reconhecer as pessoas, a atender chamados, tornando-se curioso e independente, com seu sistema nervoso já desenvolvido;
Quarto - De cinquenta a oitenta e quatro dias - Cão e adestrador devem estar em pleno relacionamento, quando são dados pequenas noções de comando como: Junto, senta, deita e aqui.
Cinco - De oitenta e cinco a cento e doze dias - Ele tenta se auto-afirmar e aí começa o treinamento propriamente dito, que será mais fácil se houver um bom relacionamento entre cão e treinador.

Domar não é adestrar, brutalizar não é punir. A brutalidade denota fraqueza e incapacidade do adestrador, pois como já foi dito, é preciso um grande entrosamento afetivo adestrador-aprendiz. O adestrador deve mostrar com firmeza e sem maldade, que é líder e nunca misturar horas de aula com brincadeiras.

Desde cedo o proprietário do cão deve ser firme, não admitindo como "engraçado" tudo que, mais tarde, pode vir a ser sério quando o cão se tornar adulto.

O adestramento deve ser um sinal de obediência sem temor. O tempo e a paciência gastos na educação de um cão serão sempre bem recompensados.

(Revista Bichos de Estimação - 1993).

Um comentário:

  1. adestramento é aqui http://www.vetshow.com.br/d/18/educacao-e-adestramento

    ResponderExcluir