terça-feira, 21 de julho de 2015

FALTA DE SOCIABILIZAÇÃO COM OUTROS ANIMAIS COMPROMETE DESEMPENHO DE PETS

Especialista explica que é preciso atenção para bichos que reproduzem reações de seus donos


         Os bichos de estimação já fazem parte dos lares, mas a convivência exclusiva com humanos pode afetar seu comportamento. “Os animais precisam aprender a conviver com o ser humano, mas sem perder seus instintos. Para isso, é muito importante a orientação veterinária, que explicará as características de cada espécie, principalmente caninas e felinas”, explica Ceres Faraco, coordenadora da programação de “Bem-estar e Comportamento”, palestras que fará parte do Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, a ser realizados entre os dias 22 e 25 de julho, no Expotrade Convention Center, em Pinhais, na Grande Curitiba.

De acordo com ela, é preciso tomar precauções para que não haja uma “humanização” dos animais. “Os bichos acabam reforçando comportamentos dos donos e a interpretação humana é muito prejudicial”, afirma. A veterinária comenta que impedir o animal de se expressar normamente traz consequências preocupantes. “Por exemplo, cães que não têm oportunidade de conviver com outros cachorros, não se exercitam, recebem alimentação inapropriada ou são submetidos à procedimentos estéticos excessivos chegam a ter sua saúde física e mental comprometidas”, conta. Comportamentos novivos para os bichos são: isolamento social, falta de exercícios, ambiente embobrecido, má-alimentação, cuidados de saúde negligenciados, recursos limitados de alimento, água e banheiro. “O problema não está em deixar o animal dormir na cama e sim em não dar condições básicas para seu bem-estar”, observa.

         A coordenadora afirma que doenças comuns nos humanos também podem acometer animais. “Por falta de experiências sociais, filhotes e adultos podem desenvolver transtornos de ansiedade, agressividade e se automutilarem por frustração”, alerta. Segundo ela, as doenças são estudadas há muito tempo, mas foi nos últimos dez anos que ganharam mais atenção. “As doenças se tornam mais significativas a medida em que mais pessoas convivem intimamente com animais e procuram auxílio para resolver questões que perturbam a convivência entre todos”, ressalta.

Ceres Faraco comenta que a melhor forma de prevenção é treinar o animal a ficar tranquilo diante de experiências novas e desafios. “É preciso motivá-lo com atividades diárias e ter convivência social, caso contrário, os bichinhos ficarão ‘hibernando’, ou seja, não corresponderão a nenhum estímulo sem a presença do dono”, explica. Ela também ressalta que eles podem ter comportamentos e reações exageradas ao enfrentarem novas situações. “Na tentativa de afastar o que pertuba, os animais podem ficar ofegantes, buscar insistentemente a proteção do dono, vocalizar, se esconder, entre outras manifestações comportamentais”, salienta.

Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias
As novidades do setor veterinário, tanto para lojistas quanto para médicos, serão apresentados em um dos maiores eventos do setor no Brasil, entre os dias 22 a 25 de julho, no Expotrade Convention Center, em Pinhais, na Grande Curitiba: o Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias e a Mepvep Pet Fair, feira paralela ao evento voltada para profissionais do mercado pet. “São esperados mais de 6 mil visitantes, que poderão conhecer lançamentos e produtos com as 160 empresas expositoras da feira ou se atualizar em uma das mais de 400 palestras de diversas áreas da veterinária”, conta Dilso Henrique Bloot, um dos coordenadores do Congresso.

Entre os temas discutidos pelos congressistas, a saúde do animal de estimação será um dos focos, com palestras que terão o objetivo de reciclar o conhecimento dos profissionais e discutir novidades ou temas ainda polêmicos nas áreas de Oftalmologia, Homeopatia, Acupuntura, Cardiologia, Fisioterapia, Alergologia, Oncologia, Dermatologia e Nutrição.

Fazem parte da programação do evento o IX Cobov – Congresso Brasileiro de Odontologia Veterinária, o I Convel – Congresso Internacional de Medicina Veterinária Legal e o Simpósio Internacional de Ortopedia. Mais informações e inscrições pelo site www.medvep2015.com.br.

SERVIÇO: O Simpósio Internacional de Ortopedia ocorre nos dias 22 e 23 de julho, dentro do Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, que vai de 22 e 25 de julho, no Expotrade Convention Center, em Pinhas – Região Metropolitana de Curitiba. Mais informações e inscrições pelo site www.medvep2015.com.br, telefones (41) 3039-1100 e (41) 3039-2867 ou pelos e-mails medvep@medvep.com.brcontato@medvep.com.br edalmar@medvep.com.br

Expressa Comunicação
(41) 3029-4031 | 3233-4032 | 3029-0638| 9914-3095

Nenhum comentário:

Postar um comentário