quarta-feira, 27 de setembro de 2017

COMO ESCOLHER O PET PERFEITO PARA SEU ESTILO DE VIDA


Infelizmente não podemos escolher qualquer pet para conviver com a gente, pois se a nossa rotina for muito incompatível com as características da raça, podemos acabar prejudicando até mesmo a saúde do animalzinho. Se um cãozinho não é a melhor opção para seu estilo de vida e você, mesmo assim, escolhe tê-lo, pode ser que futuramente acabe tendo que doá-lo para alguém com condições melhores para cuidar dele.

Mas, calma, com certeza existe um cachorrinho perfeito para você, e nós vamos ajudá-lo a encontrar esse companheiro ideal. Para saber qual te chama mais a atenção, pode ser interessante visitar algum petshop ou feiras de adoção, por exemplo.

Assim como com os humanos, a escolha por um animalzinho de estimação não deve se basear apenas em beleza. Você deve sentir que realmente quer tê-lo junto de você, que existe uma ligação especial.

Critérios para escolher a melhor raça

Como dissemos anteriormente, você pode escolher o pet que desejar, mas essas dicas ajudarão a escolher o cãozinho ideal para você e para o seu estilo de vida:

     1.  Para quem mora em apartamento

Para começar a escolher o cachorrinho ideal, responda a essa pergunta: você mora em apartamento ou casa? Bem, se sua resposta é apartamento, então, prefira raças menores, pois cães de grande porte precisam de bastante espaço para se movimentar e exercitar.
Caso você realmente queria um cãozinho grande, será necessário levá-lo para passear constantemente. Contudo, a melhor opção para você, em caso de morar em um local pequeno, são cãezinhos menores já que não precisam de um espaço grande para poder brincar e se movimentar à vontade.  Algumas raças perfeitas para tutores que moram em apartamento: Poodle, Yorkshire, Pug, Lhasa apso, Maltês, Shih Tzu, Buldogue.
Porém, se você mora em uma casa, pode ter um cão maior, se preferir. Mas morar em uma casa não só interfere na hora de escolher o tamanho do cãozinho, há pets que precisam se exercitar mais que outros, mesmos sendo cães de porte pequeno ou médio, por exemplo, cães das raças Beagle, Bull Terrier e Corgis.

Outro fator que deve ser levado em consideração, é se há crianças na família, em caso afirmativo, é recomendada a escolha de raças que se dão melhores com os pequenos, por exemplo: Golden Retriever, Labrador Retriever, Bulldog Inglês e Corgis.

     2.  Para quem tem pouco tempo disponível

Muitas pessoas não têm o tempo que gostariam para dedicar aos seus bichinhos, por isso, se você é uma dessas pessoas com a rotina muito agitada, dê preferência às raças que são mais independentes e não precisam de tanta atenção. Geralmente, esses cães gostam de dormir bastante e se distraem com seus brinquedos, podendo passar a maior parte do tempo sozinhos. Mas, não esqueça que mesmo sendo independentes, esses pets precisam de atenção e carinho.

Pequeno porte: Pug, Shih Tzu, Lhasa Apso, Buldogue.

Médio porte: Shiba Inu, Basset Hound, Basset Hound.

Grande porte: Akita, Chow-Chow, Husky Siberiano, Samoieda.

     3.  Para quem gosta de tranquilidade

Para você que ama o silêncio, ou que costuma chegar em casa muito estressado em casa e, por isso, coloca o sossego em primeiro lugar, esses cachorrinhos são perfeitos, pois não latem muito, são quietinhos e educados, além disso, ajudam a alegrar um dia que foi cheio e pesado. Esses pets também são perfeitos para moradores de apartamentos que se preocupam em não incomodar os vizinhos.

Buldogue frances e ingles
Whippet
Dogue Alemão
São Bernardo
Golden Retriever
Maltês
Shar Pei

     4.  Xô, alergia!

Se você sofre porque ama pets, mas tem alergia aos pelos, saiba que seus problemas acabaram, pelo menos com cãezinhos. Os cães abaixo não provocam alergia e soltam menos pelos do que outros.

Cão d'água chines
Maltês
Poodle
Schnauzer
Yorkshire terrier
Bichon frise
cristado chines

      5.  Para tutores idosos

Muitos idosos moram sozinhos, e a companhia de um cãozinho pode ajudar muito a motivar e alegrar a rotina deles. O indicado para convivência com idosos, são cães de porte pequeno, pois não exigem muito esforço. Cães mais velhos também são mais indicados do que os filhotes, já que os bebês são mais elétricos e precisam de muita atenção.

Ter um cachorrinho ainda pode estimular os idosos a se exercitarem mais, evitando que fiquem muito reclusos em casa, colaborando para a qualidade de vida. Algumas das opções das melhores raças para idosos são:

Chihuahua
Pug
Shih Tzu
Maltês
Pequinês
Schnauzer
Poodle Toy
Yorkshire Terrier

Escolha seu cãozinho por amor, por favor!

Antes de ter um cãozinho procure saber de sua origem e quais são as condições do local em que foi criado, pois muitos locais voltados para a reprodução de cães oferecem condições precárias para os bichinhos.

Outro fator importante para se ter um cãozinho é o amor que o tutor irá oferecer, independentemente da raça. Se você puder adotar ou resgatar um pet da rua, ele irá te agradecer com todo o amor do mundo. Lembre-se que muitos cães são rejeitados, simplesmente por não terem uma raça definida, e como já dissemos, não podemos escolher um animalzinho simplesmente pela sua aparência.

Por Gear SEO

Nenhum comentário:

Postar um comentário