Tudo sobre os curiós: Curiosidades sobre uma das espécies mais admiradas do Brasil e do mundo

 

Foto: Horizonte Pet Store - Curió



Os curiós são pássaros populares por seu canto muito próprio, bonito e melódico. É uma ave da família Thraupidae e, apesar do nome científico sporophila angolensis sugerir origem na Angola, o curió é uma espécie do nosso território sul-americano, e pode ser encontrado desde a Venezuela até o sul do Brasil. Em tupi-guarani, o nome curió significa “amigo do homem”.


Eles têm um bico robusto e forte, os machos possuem plumagem escura e peito marrom avermelhado, já as fêmeas e os jovens possuem a plumagem marrom mais clara. Quando adultos, podem chegar a 15cm de altura e pesar de 11 a 15 gramas.


Os curiós gostam de ambientes úmidos e matas baixas. Seu hábitat preferido são as vegetações gramíneas, próximas aos rios, lagos, brejos, pântanos, pastos alagados e veredas. Por isso, aqui no Brasil, são raros em ambientes mais secos, como sertões, caatinga ou pampas.


As aves adultas adoram comer sementes de vários tipos de capim e o seu bico forte permite quebrar sementes mais, duras que seriam difíceis para outros pássaros. Já os filhotes comem muitos insetos, para adquirir proteínas necessários ao desenvolvimento. Com essa força, podem viver até 10 anos na natureza, ou mais de 20 anos se criados em cativeiro com o devido cuidado.


O canto do curió é o seu tesouro. Assim como para outras aves, é um fator importante de sobrevivência. Eles cantam para atrair a fêmea em fase de reprodução e para marcar o território, espantando outros machos. As fêmeas também cantam, mas um canto mais baixo. Esse comportamento mostra o quanto os curiós são territorialistas e, por isso, vivem geralmente sozinhos ou em casais, sendo mais raro observá-los em bando.


Campeonato de Canto dos Curiós

O canto é tão especial para o curió que ele começa a ser aprendido desde os 40 dias de idade. Eles aprendem imitando, então precisam estar próximos de um macho adulto ou o criador pode utilizar áudios que estimulem o canto durante o desenvolvimento, e afastado de outros pássaros, para que não copiem cantos “errados”.


De acordo com a região do Brasil onde vivem, eles cantam diferentes. Sim, os curiós também têm “sotaque”! Se gravarmos o canto de uma ave em Minas Gerais ou no Pará, ouviremos as variações. Também existem vários tipos de dialetos de curiós, que são variações nas notas da melodia (Praia Grande, Paracambi, Timbira, Goiana, etc).


Nas competições de canto, o que vale é a melodia. É diferente das competições de fibra, que consideram a duração e resistência do pássaro cantor. As aves participantes das competições precisam usar as anilhas, que é tipo uma tornozeleira com um número de identificação colocado na ave ainda filhote. Também é uma forma de certificar a legalidade dos curiós.


Manejo de Curiós

Pesquisas recentes apontam um crescimento no comportamento do brasileiro em relação aos pets de estimação. Hoje, o Brasil possui a segunda maior população de cães, gatos e aves canoras e ornamentais em todo o mundo, e é o terceiro maior país em população total de animais de estimação, esses dados foram divulgados pela Associação Brasileira de Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

Ainda de acordo com a Associação, as aves assumem o segundo lugar como os pets mais queridos pelos humanos, ficando atrás apenas dos cães (54,2 milhões) e na frente dos gatos (23,9 milhões). O Brasil possui em média 39,8 milhões de aves de estimação.


Pensando nessa grande quantidade de pets, em especial, aves Curiós, reunimos aqui algumas dicas respondendo as dúvidas que mais recebemos pelas redes sociais:


Experiência em criação de Curiós

Somos criadores de Curiós há mais de 20 anos. Já criamos muitos filhotes, que se destacaram na linhagem canto praia grande clássico, dentre eles podemos citar o Curió Haley, que até pouco tempo estava com o grande craque de futebol, Rivelino. Temos um grande plantel de galadores, fêmeas de genéticas já consagradas. Acima de tudo, tratamos os pássaros com muito carinho e dedicação!


Quanto custa e como adquirir um Curió?

Primeiramente, um Curió deve ser adquirido de criadores devidamente homologado pelo IBAMA, com a devida nota fiscal. Os valores de um Curió dependem para qual finalidade ele vai ser treinado, ou seja, canto ou fibra. Seus valores variam de 500,00 a 100.000,00, dependendo de seu desempenho nos torneios e competições.


Existe comida para esquentar Curiós?

Sim. Comidas com alto valor energético e proteico estimulam um melhor condicionamento e disposição para as aves. Não é fórmula mágica, mas contribuem nutricionalmente para uma maior vitalidade das aves.


Dicas de criação e manejo

Criar Curió é uma arte, requer muita observação, seleção das fêmeas e galadores. Um dos pontos mais importantes para uma boa criação e manejo é fornecer uma boa alimentação e manter a limpeza e higienização do ambiente e gaiolas.


Criação em viveiros ou gaiolas?

Essa é uma dúvida muito comum entre os ‘amantes de curiós’. Realizamos a criação de Curiós em gaiolas, assim como a maioria dos criadores, mas é importante falar que novos manejos foram desenvolvidos atualmente. Um Curió gala até quatro fêmeas no dia, as fêmeas são colocadas individualmente nas gaiolas criadeiras, e treinamos os galadores a fazer o cruzamento com a fêmea que está pronta e voltar para sua gaiola. Utilizamos os viveiros para colocar as fêmea e filhotes no final da criação, assim fazem a muda de penas juntas, facilitando o tratamento para a próxima temporada.


O que o Curió tem de diferente em peculiaridades e beleza?

O Curió é uma ave que tem aproximadamente 10 a 15 cm, seu bico é preto, sua alimentação à base de sementes, plumagem muito brilhante, e uma melodia de canto muito linda.


Qual a diferença do canto Praia Clássico e Paracambi?

A diferença básica é a forma de andamento do canto, mas os dois cantos apresentam melodias iguais.


Quantos anos vive um Curió?

Um Curió em cativeiro, bem cuidado, pode viver até 30 anos. Na natureza, seu tempo de vida gira em torno de 9 a 10 anos.


Como saber se o Curió pardo é macho ou fêmea?

Existem algumas características que podem diferenciar o Curió pardo macho da fêmea, mas a forma mais confiável é através da sexagem, que é realizado em laboratórios especializados.


Algumas dicas para criar um filhote de Curió

Para criar um filhote, temos que propiciar boas condições de ambiente, alimentação e iluminação, evitar correntes de vento, e colocá-lo em contato com o sol da manhã constantemente, por um curto período.


Curió come banana?

Dificilmente um criador oferece banana ao Curió, mas se comer, não vai fazer mal.


Curió come maçã?

Sim, pode oferecer a maçã, mas retire as cascas e sementes.


Curió come pepino?

Sim, principalmente o pepino japonês, que é muito rico em proteínas, carboidratos, fibras e fonte de vitaminas b1, b2 e b6.


Curió come tenébrio?

Sim, desde que fornecido com frequência! No início, pode acontecer de não pegarem, principalmente quando é fornecido vivo e inteiro. Fazemos um trabalho de inicialmente oferecer em pequenos pedaços, facilitando a adaptação.


Curió com respiração ofegante, o que fazer?

Geralmente esses sintomas respiratórios, podem ser em virtude de várias causas: poeira, friagem, mudanças de clima ou corrente de vento. Quando a ave se encontra com distúrbios respiratórios, colocamos em um ambiente aquecido, para que consuma muita água, evitando a desidratação. Também gostamos de oferecer o Tylan ou Pulmotil.


Como amansar um Curió pardo?

Normalmente, colocamos o Curió na gaiola encapada, essa capa possui janela e dois zíperes para abertura. Fazemos um trabalho de abertura da frente da capa, para que a ave comece a ver e se acostumar com a movimentação do ambiente externo. Vamos aos poucos, fazendo com que a ave adquira a confiança e segurança necessária. A partir dessa fase, levamos para passear, em vários lugares diferentes, com grande movimentação de pessoas.


Como treinar um Curió para canto?

Em torneios, temos que condicionar o Curió a cantar nos 5 minutos de sua apresentação, por isso o trabalho é difícil. Geralmente trabalhamos o Curió de canto sempre com uma capa, passeamos muito com ele, puxando em vários lugares, abertos, fechados, campos, salas, para que se acostume com todos os ambientes. O treinamento consiste em levar uma estaca, retiramos a capa da gaiola, e penduramos os 5 minutos, independente do Curió cantar ou não, deixamos o tempo total, até que se acostume a só cantar quando a capa é retirada e pendurado na estaca. Esse treinamento é feito diariamente, até que o Curió comece a cantar exatamente quando penduramos.


Saiba mais sobre o Pássaro Curió e Como Aprontar Fêmea de Curió em nosso blog.


Siga Horizonte Pet Store pelas redes sociais

Instagram: @horizontepetstore

Twitter: horizontepet

Facebook.com/horizontepetstore/

Site: www.horizontepetstore.com.br


Por Horizonte Pet Store



👉EMPREENDA AGORA NO MERCADO PET👈  



Nenhum comentário:

Postar um comentário